Mensagem de Deus Pai em 06/09/02

OS SEGREDOS REVELADOS EM MEDJUGORJE - A maior parte deles é grave, é catastrófica

 

O castigo virá se o mundo não se converter


Ana Lúcia Vasconcelos

 

 

Como em La Salette, e Fátima, e antes em outras aparições, também em Medjugorje, a Virgem Maria confiou aos videntes-Vicka, Ivan, Ivanka, Mirjana e Jakov, uma série de segredos pessoais. Alguns dos videntes estão de posse de dez segredos outros de nove, sendo que os dois últimos falam em castigos e acontecimentos catastróficos. Ivanka e Mirjana estão cientes do nono e do décimo segredo, enquanto Vicka só teve até agora a revelação do nono. Embora Mirjana diga que chora quando pensa nos segredos, os intérpretes de Medjugorje, segundo Olivio Cesca, “vêm uma luz no fim do túnel: a ameaça existe, mas o castigo pode ser evitado. Não se trata de coisas inevitáveis. “E ele pede para recordarmos o caso de Sodoma e Gomorra em que Deus se mostrava disposto a poupá-las caso se encontrasse nelas ao menos dez justos”. (Gn 18,16-32). E ainda na pregação de Jonas que conseguiu evitar a ira de Deus sobre Nínive.” (Jn 3-4).

 


Por isso em Medjugorje, Nossa Senhora repete que a oração e o jejum podem impedir a própria guerra (21-7-82). E diz, como em Fátima, que também no final, seu “Imaculado Coração triunfará”. E Olivio cita uma série de aparições onde se pode ver claro, referencias a isso: no dia 8 de dezembro de 1981, festa da Imaculada Conceição, os videntes viram Nossa Senhora ajoelhada, rezando assim: “Meu Filho querido, te suplico, perdoa ao mundo a os graves pecados com que te ofende.” Na primavera de 1983, pede aos homens a sua conversão. Diz para não esperarem o sinal anunciado, que pode ser tarde. “Vocês que acreditam, convertam-se e aprofundem-se na fé.” Em vinte de abril de 1983, Jelena vê (com os olhos do espírito) Nossa Senhora em lágrimas, falando: ”Eu dou todas as graças aos que cometem pecados graves, mas eles não se convertem. Rezem, rezem, rezem por eles! Não esperem, rezem agora. Hoje necessito da oração e da penitência de vocês.” Também se queixa: ”Muitos cristãos perderam a fé, não rezam.“

 

 

 

Convite à conversão

Olivio Cesca lembra que quando Jelena lhe fala no alarmismo de alguns, que prenunciam iminentes catástrofes e castigos terríveis, a Virgem responde: “Todos os que dizem ‘amanhã’, daqui um mês, daqui a vários meses, ou depois de uma determinada data virá a catástrofe, são falsos profetas. Eu nunca falei em catástrofe, mas sempre convidei à conversão. Sempre disse: o castigo virá, se o mundo não se converter. Convidem as pessoas a se converterem. O futuro do mundo depende da sua conversão.”

 


E padre Slavko Barbaric explica que Nossa Senhora não veio anunciar catástrofes, mas antes, ensinar como evitá-las. Se uma casa está queimando, ele diz, não queima porque a mãe grita: ”Olhem o fogo! Ora, se a mãe grita, é para salvar a casa em chamas”. O que entendemos então? É que Nossa Senhora está avisando que é preciso que as pessoas se convertam porque a “casa já está pegando fogo”. É o fogo que a humanidade mesmo acendeu a custa da injustiça, do egoísmo, da corrupção, do abismo entre ricos e pobres, fato cada vez mais alarmante! De qualquer forma, diz Olivio Cesca, e todos os analistas e estudiosos de aparições: o castigo virá depois do grande sinal que será visível a todos. Os videntes já o viram já sabem como será. Aliás, sobre este sinal permanente que Nossa Senhora disse que fará aparecer no Podbrdo, será bem visível, poderá ser filmado, fotografado por todo mundo e sua aparição será seguida de muitos milagres e curas.

 


“A Virgem disse que o sinal será permanente e se destina aos ateus,” explica Marija, “para ajudá-los a crer, enquanto os cristãos já têm motivos para isso, devendo ser eles mesmos, sinais para os incrédulos”. E Nossa Senhora esclareceu que “o período que medeia daqui até o aparecimento do sinal, será de misericórdia. “É este o tempo que estamos vivendo: o tempo da misericórdia de Deus. Não esperem o sinal para se converterem, pois não terão mais tempo. Convertam-se agora, porque depois de verificado o sinal, os acontecimentos se precipitarão.”

 


“A versão de Vicka é parecida: “O sinal aparecerá na terra”. Será permanente. Surgirá de uma só vez e não aos poucos. Qualquer pessoa que vier a Medjugorje poderá vê-lo... Nossa Senhora deixará o sinal para mostrar ao povo que ela está entre presente entre nós”. E Ivan deu a seguinte explicação: “Depois que o sinal aparecer, os incrédulos experimentarão grande sofrimento interior, um terrível remorso de consciência.” E segundo a vidente Mirjana: “O sinal se imporá e as pessoas serão obrigadas a crer. Mas não devemos ter medo. Se aceitamos Maria como mãe, Deus como pai e Jesus como irmão, esta família está segura.”

 

 

Conclusão: o futuro
está nas nossas mãos

Daí que o autor de Medjugorje Urgente, Olivio Cesca conclui que o futuro está em nossas mãos, já que a Virgem não aparece para anunciar catástrofes, antes, ela vem nos dizer como evitá-las. Tudo depende da nossa conversão, e conversão significa mudança, mudança de comportamento, volta para Deus. De qualquer forma haverá antes do sinal uma advertência: três acontecimentos graves para a humanidade. Segundo os videntes o sétimo segredo, que era uma coisa horrível, foi cancelado graças à penitência e à oração de muitos.

 


Quanto aos segredos, são dez: os tres primeiros consistem em avisos dados à humanidade. Sobre os dois primeiros sabe-se que anunciam coisas desgradáveis e que o primeiro se refere ao arrasamento total de uma região da terra. O terceiro diz respeito ao grande sinal que será deixado.
E que sentido fazem tais segredos pode-se perguntar? O padre Robert Faricy responde: “Os dez segredos e o sinal são elementos tipicamente apocalípticos. Os segredos nos dizem que Deus é o Senhor da história e do futuro. Só ele conhece o que o futuro encerra, porque o tem nas mãos. E os revela a quem escolhe. Os segredos representam o futuro escondido em Deus. O sinal também é parte do futuro. Sabemos que haverá um sinal, mas não sabemos como será. Assim, o sinal também representa o futuro escondido nas mãos do Senhor.”

 


Igualmente para o padre René Laurentin, os segredos têm função própria. “Eles justificam a urgência da conversão. O seu argumento geral é conhecido: o mundo abandonou-se tranquilamente ao pecado. Escolheu viver alegre e livremente sem Deus, sem fé nem lei. Os seus profetas anunciaram a morte de Deus, a morte do Pai, como uma boa nova, a liberdade sexual como outro alegre anuncio. E igualmente a liberdade das paixões e dos impulsos humanos, da violência. E assim o mundo se destrói a si mesmo. Prepara encarniçadamente sua própria ruína, por ter combatido, esquecido ou posto de lado o essencial, isto é Deus e sua lei de amor, que as mensagens de Medjugorje recordam. Os dez segredos anunciam a autodestruição de um mundo que se arruinou na sua frenética debandada.”

 

 

Segredos revelam
salário do pecado

E o padre Laurentin continua dizendo que sem dúvida uma situação bem grave motivou as visitas de Nossa Senhora à Medjugorje... E que a maior parte dos segredos é grave, catastrófica. As afirmações dos videntes, as lágrimas de alguns deles, garantem que esses últimos anunciam o triste salário do pecado. São desgraças que em parte parecem inevitáveis porque não se trabalha impunemente na própria destruição. O mundo, como qualquer organismo bem estruturado, sofre as conseqüências de seus erros. O homossexualismo foi a causa determinante da difusão da AIDS, doença que se espalhou principalmente por causa do uso desordenado, generalizado da sexualidade. Enfim, como conseqüência dos erros que a humanidade se recusa a corrigir, parece que caminhamos inexoràvelmente para um fim previsto, conclui Olivio Cesca. ”Poderá ser diferente, poderemos mudar a nossa rota de colisão com os acontecimentos anunciados.” Há vinte anos Nossa Senhora vem até nós diàriamente , chamando , avisando pedindo, alertando: “O tempo da conversão é agora.”.

 


Em 1983, Ela disse: “O castigo virá, se o mundo não se converter. Convidem o povo à conversão. Tudo depende da sua conversão”. Finalmente o último elemento apocalíptico segundo o padre Faricy: as aparições mostram que “Jesus possui o Espírito dos últimos tempos, o Espírito escatológico, e está agindo no poder deste Espírito. O mal da doença física é vencido pelo poder de Deus de dar a vida e a saúde.” As curas de Medjugorje têm o mesmo valor de sinal apocalíptico. E ainda: ”Desde que as aparições começaram, Medjugorje tem testemunhado numerosas curas-curas espirituais e conversões, curas interiores e curas psicológicas e libertações de tendências prejudiciais como o alcoolismo e o vicio de fumar ininterruptamente, e mais dràsticamente, curas físicas. As curas atestam o poder de Deus e sua vontade de vencer o mal em nossas vidas.”

 

 

 




(Visitas: 11031 | Impressões: 105 | Envios: 151)